2020/12/20

Prenúncio trágico

 Tudo seria talvez o prolongamento da minha inocência,

Os sapatos ratados pelo desmaio do amor próprio morto,

O casaco do meu avô enfiado,

O que chamei sempre ao homem postiço que me acordou para a vida ao esbofetear-me,

E o livro anotado do revisor de contas do andar de cima,...


Não matei ninguém,

Nunca sequer matei uma ideia,

E estar assim,

Incapacitado nas frases antiséticas que foram o meu orgulho,

Angustiava-me,

A ponto de dormir sobre reticências coloridas



6 comentários:

  1. Um desmaio e um pesadelo de que não se sabe quando se acorda.
    Boa Noite

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa leitura
      Uma manifestação de surrealismo sem muita explicação
      Obrigado pela presença

      Eliminar
  2. Palavras limpas não devem morrer, nem as ideias que as acalentam. Se as reticências são coloridas há prenúncio de uma continuação feliz. Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Perdão só agora vi este comentário para aprovar
      Todas as continuações da nossa vida dependem só de nós
      😊

      Eliminar
    2. Estranhei rss, mas preferi esperar, pois isso acontece. Nem tudo depende só e nós, mas colorir podemos. Abraço.

      Eliminar
    3. Desculpe de novo.
      Obrigado pela presença sempre
      😊

      Eliminar

Acha disto que....

Etiquetas

Poesia (1349) Vida (1238) poemas (672) Surreal (579) poema (524) pensar (509) escrita (360) poesias (333) Pensamentos (215) Escrever (211) ser (211) Homem (199) Introspecção (197) abstrato (191) prosa (158) Textos (118) introspeção (108) autores (106) Reflexão (99) imagem (92) Portugal (89) Um dia gostava de saber escrever assim (86) youtube (86) Passado (84) Sem Título (84) musica (84) Amor (78) Sonhos (78) Tempo (74) Literatura (69) Absurdo (62) Contos (61) video (58) Política (51) Sórdido (51) texto (45) tristeza (44) pensamento (42) rotina (41) foto (40) História (39) imagens (38) razão (38) real (37) Ironia (36) Música (36) cinema (33) gif (33) introspecao (32) Fantasia (31) recordar (31) Ficção (30) Desilusão (28) Recordações (28) Humor (25) Memória (24) Dedicatória (22) desespero (22) fotos (22) refletir (22) Morte (21) lisboa (21) presente (21) pessoal (20) Divagações (19) existência (19) Comiseração (18) Desejos (18) dúvida (18) reflexao (17) viver (17) Inatingivel (16) razao (16) saudade (16) Regresso (15) irreal (15) quotidiano (15) videos (15) Natal (14) Tumblr (14) Viagens (14) abstração (14) ideias (14) solidão (14) sonho (14) Religião (13) Vídeos (13) sentir (13) Pelo Menos (12) Rimas (12) Texto # (12) autor (12) escritores (12) mulher (12) politica (12) sonhar (12) sujeito (12) Menina perfeita (11) cidade (11) desejo (11) giphy (11) noite (11) nonsense (11) aniversário (10) arte (10) blogue (10) dissertar (10) escritaautomática (10) pessoas (10) sentimentos (10) vídeo (10) 'Depois de almoço' (9) fotografia (9) ilusão (9) sombrio (9) surrealista (9) Mundo (8) ausência (8) curtas (8) futuro (8) livros (8) poetas (8) prosa poética (8) racional (8) relacionamentos (8) Dia Mundial da Poesia (7) Suspense (7) blog (7) coisas estúpidas (7) dia (7) familia (7) filmes (7) filosofia (7) social (7) subjetivo (7) Discurso de (6) Diálogo (6) Homenagem (6) aniversario (6) datas (6) depressão (6) desnorte (6) dor (6) filosofar (6) gatos (6) lembrança (6) loucura (6) medo (6) qualquer coisa (6) trabalho (6) Inatingiveis (5) adeus (5) belo (5) ciidade (5) comédia (5) concursos (5) conhecer (5) corpo (5) curto (5) curtos (5) descrição (5) do nada (5) espaço (5) família (5) festas (5) ideia (5) imaginário (5) linguagem (5) luxos importados (5) língua (5) meditação (5) paginas partilhadas (5) strand of oaks (5) Actualidade (4) Ali antes do almoço e a umas horas do sono (4) amargo (4) animais (4) auto-conhecimento (4) breve (4) condição humana (4) considerar (4) conto (4) crossover (4) espera (4) eu (4) festa (4) ilusao (4) interrogação (4) intervenção (4) irracional (4) poetar (4) realidade (4) sociedade (4) subjectividade (4) tarde (4) terra (4) viagem (4) violência (4) Gótico (3) Poemas de enternecer (3) Porsia (3) Vício (3) artistas (3) beleza (3) campo (3) colaborações (3) conformismo (3) conversas (3) céu (3) destino (3) erotismo (3) evento (3) existir (3) falar (3) fim (3) imaginar (3) internet (3) lamento (3) lamentos (3) ler (3) liberdade (3) link (3) manhã (3) mensagem (3) obscuro (3) outono (3) país (3) pessimismo (3) popular (3) porque sim (3) páginas partilhadas (3) religiao (3) riso (3) sem sentido (3) sentimento (3) silêncio (3) umdiagostavadesaberescreverassim (3) vida pensar (3) é meu (3) 'abrir os olhos até ao branco' (2) 'na terra de' (2) América Latina (2) Blog inatingiveis (2) Denúncia (2) Fernando pessoa (2) Livro (2) Poemas música (2) Poesia abstrato (2) alegria (2) amizade (2) angustia (2) animado (2) ano (2) ao calhas (2) armagedão (2) atualidade (2) certeza (2) decepção (2) desconexo (2) diamundialdapoesia (2) discurso (2) duvida (2) efeméride (2) ela (2) fado (2) falhanço (2) felicidade (2) frase (2) frases (2) guerra (2) hate myself (2) hesitações (2) indecisão (2) individualidade (2) infancia (2) instrospeção (2) insulto (2) interior (2) jogo de palavras (2) jogos de palavras (2) l (2) leituras (2) lembrar (2) lingua (2) luta (2) luz (2) monólogo (2) nomes (2) parvoíces (2) passeio (2) pensar surreal (2) perda (2) personalidade (2) pessoa (2) pictures (2) pintura (2) prosas (2) prémios (2) psicose (2) questionar (2) revolta (2) ridículo (2) rural (2) saudades (2) sem tema (2) sensibilidade (2) sentidos (2) sexo (2) simples (2) soturno (2) spotifiy (2) statement (2) subjetividade (2) tradicional (2) versos (2) vivência (2) Africa (1) Anuncio (1) BD (1) Ferias (1) Gig (1) Haikai (1) Justiça (1) Parabéns (1) Poemws (1) Poesia escrita lisboa verão (1) Poesiaa (1) Poeta (1) Prosa cinema (1) Prosa mulher (1) Teatro (1) Universo (1) abstracao (1) acomodações do dia (1) acrescenta um ponto ao conto (1) admissão (1) agir (1) alienação (1) anseio (1) ansiedade (1) antigo (1) antiguidade (1) análise (1) anúncio (1) arrependimento (1) assunto (1) ausencia (1) auto (1) blackadder (1) brincadeira (1) canto (1) cartas (1) casa (1) casal (1) celebração (1) choro (1) citações (1) coletâneas (1) comida (1) companhia (1) conceito (1) conjetura (1) contribuições (1) cruel (1) crónica (1) culpa (1) cultura (1) curta (1) cálculos (1) desafio (1) desanimo (1) descoberta (1) desenhar (1) desenho (1) despedida (1) dia da mulher (1) dialogo (1) discriminação (1) distância (1) divulgação (1) doença (1) e tal (1) eletricidade (1) embed (1) escreva (1) escrita criativa (1) escuridão (1) estetica (1) estrangeiro (1) estranho (1) estupidez (1) estória (1) estórias (1) exercício (1) existencial (1) explicar (1) fatalismo (1) feelings (1) filme (1) fim de semana (1) final (1) fofinho (1) futebol (1) gifs (1) gostar (1) haiku (1) haver (1) horas (1) horuscultuliterarte (1) humano (1) idade (1) imagem ser (1) imprensa (1) inatingível (1) indecente (1) infantil (1) inglês (1) iniciativas (1) internacional (1) inutil (1) inverno (1) jardim (1) já se comia qualquer coisa (1) lamechas (1) leitura (1) lengalenga (1) letras (1) links (1) livre (1) lugar (1) línguas (1) mario viegas (1) melancolia (1) memórias (1) metáforas (1) mistério (1) moods (1) movies (1) (1) nada (1) natureza (1) nobel (1) noite vida (1) novidade (1) não sei se um dia gostava de saber escrever assim (1) números (1) obras (1) once upon a time (1) outono quente (1) pais (1) palavra (1) palavras (1) participações (1) partir (1) paz (1) pensar vida (1) penssr (1) pensáveis (1) pequeno (1) percepção (1) perceção (1) pobreza (1) português (1) post (1) praia (1) precisar (1) problema (1) procura (1) promoção (1) provocação (1) proximidade (1) qualquer coisa antes de almoço (1) quandistão (1) quarto esférico do fim (1) raiva (1) rap (1) realismo (1) recear (1) recordação (1) redes sociais (1) remorsos (1) renascer (1) residir (1) resposta (1) reveillon (1) ridiculo (1) risco (1) ruído (1) segredos (1) sem titulo (1) sensual (1) ser pensar (1) silencio (1) som (1) surreal pensar (1) surrreal (1) sátira (1) sóporquesim (1) televisão (1) texto poético (1) tv (1) tweet (1) twitter (1) urgência (1) vazio (1) velhice (1) ver (1) verbo (1) verbos (1) viajar (1) vida escrita (1) vida ser (1) vidas (1) vidasubjectividade (1) visão (1) voraz (1) voz (1) vuday (1) vulgar (1) África (1) ódio (1)